Read Dinossauro Excelentíssimo by José Cardoso Pires João Abel Manta Online

dinossauro-excelentssimo

Dinossauro Excelentíssimo, é uma fábula satírica de José Cardoso Pires que retrata a vida de Salazar, a sua ditadura e o Portugal do Estado Novo num tom bastante irónico e amargurado. Carlos Reis designa a fábula de "relato violentamente satírico sobre a figura de Salazar" (verbete José Cardoso Pires, in Biblos, vol. 2, 213).O livro foi editado pela primeira vez em 1972 peDinossauro Excelentíssimo, é uma fábula satírica de José Cardoso Pires que retrata a vida de Salazar, a sua ditadura e o Portugal do Estado Novo num tom bastante irónico e amargurado. Carlos Reis designa a fábula de "relato violentamente satírico sobre a figura de Salazar" (verbete José Cardoso Pires, in Biblos, vol. 2, 213).O livro foi editado pela primeira vez em 1972 pela Editora Arcádia, com ilustrações e capa de João Abel Manta. Embora datado de "Natal de 69 e Março de 71", o autor afirmou (na entrevista a Artur Portela Filho) tê-la escrito em 1970. Nesta época José Cardoso Pires encontrava-se em Londres no King´s College de Londres a leccionar Literatura Portuguesa e Brasileira. Mais tarde passou a estar incluído nas colectâneas de contos O Burro-em-Pé (1979) e A República dos Corvos (1988).Na referida entrevista, José Cardoso Pires descreve as circunstâncias que permitiram a publicação do livro e lhe deram notoriedade: numa discussão na Assembleia Nacional sobre a liberdade de imprensa, um deputado ultrafascista, Casal Ribeiro, em discussão com Miller Guerra, quis demonstrar a existência de liberdade dando como exemplo a publicação de Dinossauro Excelentíssimo. Claro que a partir daqui já não seria possível à censura retirar o livro das livrarias nem a PIDE poderia perseguir o seu autor.O livro é a história "de certo Reino onde nos velhos outrora vivia um imperador astuto, diabo e ladrão" de quem "não se sabe se afinal ele era homem, se era estátua ou apenas descrição". O percurso deste imperador (origens, formação na "cidade dos Doutores" reproduz a biografia de Salazar (origem modesta, formação em Coimbra). O reino do Dinossauro é o Reino do Mexilhão, onde vivem os mexilhões, que tudo aguentam, governados pelos Dê-Erres, cujo domínio da palavra lhes deu o poder. Segue-se a descrição do governo do Dinossauro, da mentira como forma de governar e finalmente do seu acidente até a morte, retrato irónico dos últimos anos de Salazar quando, após sofrer a queda que o afastaria das suas funções políticas, julgava ainda governar em sessões ficcionadas do conselho de ministros.Dinossauro Excelentíssimo insere-se na linha satírica de O Hissope, de António Dinis da Cruz e Silva, e Aventuras de João Sem Medo, de José Gomes Ferreira.1ª Ediçãoin Wikipedia...

Title : Dinossauro Excelentíssimo
Author :
Rating :
ISBN : 1822110
Format Type : Hardcover
Number of Pages : 93 Pages
Status : Available For Download
Last checked : 21 Minutes ago!

Dinossauro Excelentíssimo Reviews

  • Rosa Ramôa
    2018-08-02 04:11

    Dinossauro Excelentíssimo fala de falar para quem não quer ouvir e de um estado de precipitação (=chuva) permanente!Dinossauro Excelentíssimo é uma sátira,fábula, que retrata a vida de Salazar,a ditadura e Portugal do Estado Novo!!!

  • carpe librorum :)
    2018-08-02 09:49

    Contemporâneo de Contos do Gin-Tonic, também aqui se nota a sátira política, e também me admira como é que isto passou pela censura. As metáforas são muito boas e as ilustrações também muito bem esgalhadas. Surreal e absurdamente lúcido!Algumas palavras que encontrei do autor sobre o livro: http://www.citi.pt/cultura/literatura...

  • Leonardo Aboim Pires
    2018-07-19 07:53

    Uma divertida fábula sobre os anos finais da vida e do governo de Oliveira Salazar. Retratando, de modo irónico, a vida do estadista, é possível vislumbrar-se, ao longo do livro, as semelhanças entre o Dinossauro, que dá nome ao à obra, e Salazar como a educação da cidade dos Doutores. Este Dinossauro governa o Reino do Mexilhão, seguido e aplaudido pelo séquito de Dê-Erres, aprisionando a alma do povo desse reino fictício. Para quem quer conhecer, ainda que de forma satírica, o fim do consulado salazarista, escrito por um dos mestres da prosa portuguesa, este é o livro certo.

  • Miguel Silva
    2018-08-15 10:10

    It is, how we say in Brazil, an engaged book, a book charged of ideology, a fair one for me, against Salazar's dictatorship. An almost childish metaphor explaining remarkably to Portuguese people what Salazar made with their minds.It is fun, maybe too much, but it can be a source of knowledge about that unfortunate, long time under Salazar.